:: Pagina Inicial ::

:: Quem somos ::

:: Promoções ::

:: Produtos ::

:: Orçamentos ::

:: Fale Conosco ::

:: Dicas de Beleza ::

 

 

 

 

 

 

 






 

Dicas de Beleza  !

 

» Shampoo

Todas nós sabemos que existe shampoos e condicionadores para cada tipo de cabelo. Porém, pouca gente sabe efetivamente qual a diferença entre cada produto.Conhecer um pouquinho mais sobre esse assunto é um ótimo conselho. Afinal,  entendendo mais sobre o processo de lavagem do nosso cabelo,  será muito mais fácil não errar na escolha dos itens mais adequados para o banho nosso de cada dia.


A fórmula de todos os shampoos consiste basicamente em duas substâncias de nome complicado: o tensoativo aniônico e a alcalonamida  (ou amida).  O tensoativo é o detergente que retira o excesso de oleosidade e, portanto, é o agente que lava o cabelo. Já a amida irá "sobreengordurar" o cabelo. Ou seja: ela irá repor um pouquinho da oleosidade retirada pelo detergente. Grande pista, não é mesmo? Pois bem, quanto mais ressecado o cabelo (e mais carente de gordura), mais amida o shampoo irá conter.


Conclusão: os cabelos secos pedem uma parte menor de tensoativo e uma dose maior de amida. Os shampoos feitos especialmente para cabelos oleosos precisam de maior quantidade de tensoativo e menor de amida. Por último, os produtos para cabelos normais têm os dois compostos, meio a meio. Portanto, vale dizer que usar o shampoo errado só irá acentuar os problemas. 


Muita gente sabe na prática, por intuição, que não é bom usar um mesmo shampoo todos os dias e, por isso, acaba tendo no box do chuveiro mais de um tipo, que vai usando alternadamente. A medida é correta. Isso porque com muitos cabelos ocorre o fenômeno chamado de taquifilaxia, que, na verdade, é o seguinte: os fios parecem se acostumar com a química do produto e ele não faz mais tanto efeito se usado seguidamente.
No mais, várias empresas propagandeiam a ausência de sal  (ou cloreto de sódio)  em suas formulações. Essa substância, que você identifica nos rótulos por lauril sulfato de sódio,ou lauril éter sulfato de sódio, é bastante empregada pelos laboratórios, porque aumenta a viscosidade do xampu e faz o produto parecer mais concentrado.

No entanto, há um ponto bastante negativo:  hoje se sabe que o sal do xampu tende a ressecar os fios.  Portanto,  se você tem cabelos oleosos, não há muita coisa a temer.  Porém, se os cabelos  são normais ou secos, será interessante adquirir um xampu sem sal, que,  em seu lugar,  já combina substâncias tensoativas com os derivados de coco e arroz, misturados com substâncias espessastes. 



» Condicionar sempre

O condicionador é também fundamental.  Há quem pense que o produto provoca queda dos  cabelos.  Ledo engano. Na realidade, o que ocorre é que, quando o creme rinse desembaraça os fios, a queda do cabelo que já havia se soltado do couro cabeludo fica mais visível. Ao contrário, quando não passamos condicionador e o cabelo está mais embaraçado, é mais difícil notar que ele está caindo, porque ele não se desprende tão rapidamente. Ao contrário, vai caindo aos poucos ao longo do dia. É importante saber que tanto  o  shampoo  como  o creme  rinse é indispensável numa lavagem. É que, quando passamos o shampoo,  o nosso cabelo fica repleto de cargas negativas - presentes na fórmula desses produtos. Por isso é que os fios ficam com mais eletricidade: com escamas levantadas, mais quebradiços e sujeitos a agressões. Já o creme rinse é composto de cargas positivas e sua função é justamente eliminar a eletricidade do cabelo. As escamas se fecham, o pH fica equilibrado e os cabelos ganham maleabilidade, volume e brilho. Ou seja, os dois produtos acabam se completando.

Porém, se todas nós precisarmos do condicionador para mantermos nossas cabeças em equilíbrio, uma coisa é certa: o uso deste produto deve ser norteado pela necessidade de cada cabelo. Quando os fios são mais oleosos na raiz, o ideal é passar condicionador só nas pontas, do contrário a oleosidade se acentua. Quem tem cabelos compridos também precisa de hidratação redobrada. Lembre-se: o tradicional banho de creme, no salão ou em casa, é fundamental e deve ser feito a cada 15 dias.

   


» Cabelos Ondulados

Os cabelos ondulados e cacheados traduzem sensualidade e  feminilidade e devem ser valorizados e muito bem tratados. Para garantir a boa aparência dos cachos, mantendo-os com aparência saudável, bons produtos, como reparadores de pontas, sprays e mousses que proporcionam brilho e hidratam os fios são indicados, além de ajudarem a manter um  penteado com volume ideal. Use e abuse das fivelas, tiaras e todos os apetrechos para construir o seu look de maneira displicente e impecável. Os acessórios são sempre um charme!
Para quem quer manter a boa aparência dos fios ou a naturalidade do ondulado, aí vão algumas dicas:
* cremes  sem  enxágüe - usados após lavados os cabelos, são ótimos para controlar a rebeldia dos fios, além de domar o volume. 
* os cabelos devem ser secos de maneira natural, ou seja, usando apenas as pontas dos dedos para modelar os cachos.

» Qual seu tipo de pele

Muita gente fica na dúvida na hora de comprar cosméticos em relação ao tipo de pele que possui. Saiba quais são as características de cada tipo de pele:

SECA -  pele é fina e opaca, sem brilho. Os poros são pouco visíveis e este tipo de pele tem tendência a descamar, principalmente nos tempos de frio.

OLEOSA - pele oleosa é mais espessa (grossa) e tem mais brilho. Os poros da pele oleosa são mais evidentes. Este tipo de pele é mais vulnerável ao surgimento de cravos e espinhas.

NORMAL - com aspecto liso e luminoso, a pele normal não evidencia os poros e não sofre com o ressecamento. Dificilmente uma pessoa adulta possui pele normal, pois a poluição, resíduos de maquiagem e suor influem diretamente nas características da pele.

MISTA - pele mista apresenta aspectos da oleosa, geralmente na região do queixo, nariz e testa; e da pele normal ou seca

É importante lembrar que as características da pele podem ser modificadas de acordo com alterações no tamanho das glândulas e na produção de sebum. Essas alterações são reguladas e modificadas de acordo com os hormônios andróginos, que variam conforme a idade, fase do ciclo menstrual e até por questões emocionais. Variações climáticas também interferem neste quadro. Quanto a alimentação ainda não foi comprovado cientificamente se ela interfere na produção de sebum.

 

     
   

 

 

 

Home   Produtos Quem Somos Contato

Bella Chic Cosméticos e Beleza- Telefone (12) 3144-0574 / 3143-5446
Email: bellachic@bellachic.com.br


Copyright © 2007  PortalCruzeiro.net- Criação de Sites